Fone
Notícias
MERCADO – Boas práticas em tempos de pandemia
19/06/2020

Na complexa tarefa de manter as marcas conectadas ao seu público neste momento de grandes desafios, nunca se viu tanto, como agora, as ferramentas e ações digitais serem impulsionadas, bem como, os serviços de entrega.
Com 38 anos de atividades, a Papelaria Raw de Guaratinguetá (SP) apostou nas vendas remotas e no serviço de entregas. Com duas unidades na cidade, o estabelecimento investiu no delivery para sobreviver durante o período em que as unidades mantiveram as portas fechadas em virtude da pandemia. Com 13 funcionários, a papelaria reduziu a jornada da equipe, trabalhando em dois turnos por dia e apenas com dois colaboradores (um vendedor e um caixa) em cada um deles. “Assim que precisamos fechar as lojas, começamos a oferecer o serviço de delivery em nossa cidade e nas vizinhas Aparecida e Lorena, utilizando uma empresa terceirizada. Nas primeiras semanas atendíamos das 14h às 16h, mas a demanda aumentou e tivemos que estender o horário das 10h às 16h”, conta a Proprietária e Responsável pelo Marketing da Papelaria Raw, Victória C. Raw Silva.
E o que a papelaria vem comercializando em tempos de isolamento social? Foram criadas propostas como os “kits quarentena” apresentados nas redes sociais da Papelaria Raw. Os kits são para desenho, pintura, slime, massinha e material para lettering. “A estratégia dos kits foi excelente para a nossa empresa. Postamos em nossas páginas do Instagram e Facebook diariamente e foi um grande chamariz. O consumidor pode realizar o pedido através do Instagram, Facebook, WhatsApp ou telefone, não há pedido mínimo e a taxa é paga pelo próprio cliente”, explica Victória.
Considerada a maior papelaria do sul de Minas Gerais, com duas lojas e mais de 30 mil itens, a Papelaria Art Papel, de Poços de Caldas (MG), também adotou a estratégia de trabalhar com as redes sociais e o serviço de entregas para impulsionar as vendas durante a pandemia e, segundo a Proprietária, Ana Daryma, os resultados vêm sendo excelentes. “Obviamente não podemos comparar com a movimentação que temos normalmente com as duas lojas abertas, mas sem dúvida, com essas ações estamos conseguindo manter os nossos negócios durante essa difícil fase. Desta maneira mantemos o cliente mais perto da gente. Também estamos trabalhando com divulgações no rádio e TV”, declara Ana. Ela própria se encarrega de levar produtos para a sua casa e os ‘apresenta’ por meio de fotos e vídeos que são publicados nos perfis da papelaria. “Estamos nos estruturando e aprendendo uma nova maneira de trabalhar. Adotamos a Medida Provisória 936/2020 editada pelo governo no início de abril com as medidas de flexibilização trabalhista, por isso, atualmente dos 35 funcionários estamos com seis deles trabalhando. Temos três números de WhatsApp para atender os pedidos e firmamos parceria com uma empresa, colocamos o valor de pedido mínimo e aceitamos pedidos até às 15 horas assim conseguimos nos organizar e agilizar as entregas”, conta a lojista.
Ana afirma que vem vendendo bastante produtos como quadros/lousas escolares, itens para lettering, massinhas e slimes. Há também os kits. “Vendemos muitos itens para home office, mas disparado o que alavancou as nossas vendas foram os produtos para entreter a criançada.”
Ana aproveita a ocasião para deixar uma mensagem: “invistam nos meios digitais. O mercado não está saturado. Há espaço para todos. Não tenham medo de usar e ousar. Façam um trabalho de qualidade e contínuo, procurem se diferenciar e os resultados positivos aparecerão e se somarão aos seus negócios”, afirma.

A relação das marcas com os consumidores

Os hábitos diários, a forma de entretenimento, as relações de consumo…tudo mudou com os desdobramentos da pandemia. As marcas que fizeram/fazem a diferença para a sociedade e que são verdadeiramente úteis na vida das pessoas não serão esquecidas. Rapidamente foi preciso mudar o foco de “quanto podemos incrementar as vendas?” por “o que podemos fazer para ajudar?” e surgiu uma grande mobilização das empresas para ajudar os consumidores a atravessarem a crise da melhor maneira possível.
A BIC, por meio da sua plataforma digital ‘O Poder das Cores’ – que pode ser acessado em www.biccolorir.com.br – traz atividades para crianças e adolescentes, estimulando o ciclo de aprendizado, além de conteúdos informativos para que a família participe ativamente do desenvolvimento de seus filhos. Além disso, em suas redes sociais, a BIC tem realizado lives no Instagram com workshops de lettering e colorir, e postado atividades e conteúdos, alguns deles desenvolvidos em parceria com a KidZania para que os pais e professores participem e conheçam cada fase do ciclo do aprendizado infantil. “Essas iniciativas reforçam o comprometimento da marca e a crença no poder de transformação que só a educação tem. Entendendo o momento que estamos vivendo, a BIC quer estar mais próxima com atividades que incentivem o aprendizado lúdico e o desenvolvimento das crianças e adolescentes”, comenta Rodrigo Iasi, Diretor de Marketing da BIC.
Em apoio à campanha #fiqueemcasa, a marca Chamex criou um espaço especial para quem acredita que a criatividade pode estar presente em todos os momentos, o #ChamexEmCasa. No site www.chamex.com.br/chamexemcasa, os internautas encontram diversas sugestões de atividades para serem feitas em casa, como jogos, desenhos para colorir, brincadeiras, dicas de estudo, museus e cursos on-line gratuitos. Nas abas: Brincar, Colorir, Estudar, Fazer (DIY), Jogar, Melhor Idade (+60), Organizar e Visitar, é possível fazer o download dos arquivos para imprimir no Chamex ou Chamequinho. “Estamos registrando um alto número de acessos na página, o que comprova que as pessoas estão procurando por conteúdos para entreter a família durante este período que estamos vivendo. A Chamex convida a todos para colocar em prática a criatividade e passar por esse momento desafiador de forma mais leve e produtiva. A marca apoia a campanha #fiqueemcasa e entende que esta é a melhor conduta que todos devem adotar durante a pandemia”, afirma a Gerente Sênior de Marketing da International Paper, Vivian Pereira. A marca usou sua página no Instagram @papelchamex e seu site para divulgar as ações.
No blog que mantém em seu site (www.deltagiz.com.br), a Delta Artigos Escolares traz informações e conteúdo para pais e filhos durante a quarentena, desde atividades para realizar em casa com a criançada, passando por dicas de como conciliar filhos pequenos com o home office, o tipo de alimentação para os pequenos, entre outros temas. “Estamos postando conteúdo novo no site semanalmente e nas redes sociais diariamente. Os acessos aumentaram consideravelmente, nos deixando bastante contentes com o resultado desta ação”, contabiliza a Diretora Executiva da Delta Artigos Escolares, Caroline Vieira Yamazaki.
Durante um mês (19 de março a 19 de abril) a Faber-Castell ofereceu 17 opções de cursos on-line de desenhos, gratuitos, disponibilizados em sua plataforma https://cursos.faber-castell.com.br/ para que os internautas pudessem aprenderem diferentes técnicas de desenho e tivessem a oportunidade de explorar outros universos, como quadrinhos e letterings. “Em nossa iniciativa #AtividadesCriativasFaber-Castell bastava escolher os temas e realizar os cursos. Havia sempre um professor especialista para conduzir as atividades. A ideia foi disponibilizar uma opção de conteúdo de qualidade para as crianças se divertissem e tivessem estimulada a criatividade de forma totalmente virtual. Nosso objetivo maior não foi gerar tráfego para os cursos on-line e, sim, oferecer conteúdo de qualidade para entreter e estimular a criatividade de crianças e adultos nesse difícil momento em que estão em casa. Seguimos com o propósito da marca de contribuir para que as pessoas possam imaginar e criar. Apoiar as pessoas no desenvolvimento do seu potencial criativo faz parte da nossa missão. Os cursos on-line estão alinhados a esse conceito, na medida em que estimulam a criatividade, por meio de conteúdos lúdicos e adaptados a diferentes idades”, ressalta o Gerente de Comunicação da Faber-Castell, Marcelo Vecchi.
Mais recentemente, a Faber-Castell em parceria com a GOL lançou a ação Colorindo o Dia http://www.colorindoodia.com.br com videoaulas de desenho para as crianças sob os temas “Play na Criatividade” e “Qualquer Forma é Qualquer coisa”, ministrados por artistas parceiros da Faber-Castell. Após assistir as aulas e desenharem, os pequenos poderão enviar suas ilustrações até o fim do mês de julho, usando o site do projeto, acessando a aba “Envie seu desenho”. As imagens passarão por uma curadoria para que sejam transformadas em “Boas notícias” e assim, publicados no mural do endereço eletrônico. Juntas as empresas pretendem imprimir notícias positivas e deixar o dia a dia das pessoas um pouco mais leve.
No intuito de apoiar as famílias que tiveram que mudar a rotina, a STAEDTLER Brasil tomou a iniciativa de disponibilizar atividades gratuitas on-line com a expectativa de tornar o ambiente mais leve por alguns momentos. Foram desenvolvidas mais de 80 ideias criativas em uma série de tutoriais em vídeos e com o conceito do ‘faça você mesmo’, com jogos e desenhos para pintar. O acesso ao conteúdo está no site da STAEDTLER Brasil: www.staedtler.com.br/descobrir. “É gratificante ver o quanto as atividades dão apoio durante esse delicado momento, onde as pessoas estão isoladas fisicamente, mas estão mais juntas em família como nunca estiveram. Temos depoimentos de pessoas que utilizam as ações e atividades como escape para um momento de leveza, descontração e entretenimento. E é exatamente essa a intenção genuína da STAEDTLER, providenciar momentos reais de criatividade em meio aos desafios que estamos vivendo”, afirma a Gerente de Marketing da STAEDTLER Brasil, Juliana Rett.
A empresa também esteve atenta aos movimentos ao redor do mundo com o propósito de espalhar mensagens de conforto através de muitas formas artísticas, inclusive desenhos. Desta maneira, se juntou ao movimento global com a ação ‘Qual a Cor da Esperança?’, que primeiro aconteceu entre o seu time de colaboradores e depois estendeu para as pessoas de forma geral, a fim de convidar as famílias a compartilharem desenhos de arco-íris nas janelas de seus lares, postando as fotos nas redes sociais com a hashtag ‘#QualaCordaEsperança’ para que a mensagem fosse transmitida para o maior número possível de pessoas e que a comunidade de forma geral tivesse assim a sensação que mesmo separados, o sentimento de que tudo vai ficar bem os une.
O Grupo Maxcril, que engloba as marcas Maxcril, Waleu e Norma, vem aproveitando o período de quarentena e este novo cenário em que o trabalho via home office tornou-se uma realidade de muitos profissionais para intensificar a divulgação on-line de seus produtos como aliados nessa nova rotina em casa. A empresa ainda preparou dicas para o home office com enfoque na ergonomia, na organização e decoração. Também destacou temas como “Cozinhaterapia com Waleu, mostrando produtos da marca que podem auxiliar na organização da cozinha; “Despertando a criatividade com a Waleu” evidenciando a linha de escrita e “Dicas de novas ideias de usos para produtos office” com a reutilização e materiais. “Também aproveitamos esse período para trabalhar no desenvolvimento de novos produtos que serão lançados no segundo semestre deste ano”, conta a Gerente de Marketing do Grupo Maxcril, Eliane Prado Wingeter.
De acordo com a Especialista de Marketing da Summit, Vanessa de Abreu Moreno, foi preciso rever posicionamentos, ações e como se comunicar com os consumidores em tempos e pandemia. “A jornada dos nossos consumidores agora é outra. Eles estão em casa sozinhos fazendo videoconferências com os amigos; em família buscando atividades para as crianças, ou mesmo trabalhando ainda mais, via home office. Não podemos ignorar esse novo contexto e seguir com o mesmo discurso e ações. Nosso foco foi rever os conteúdos publicados pelas nossas marcas para que de alguma forma possamos ajudar as pessoas. Apresentamos em nossas redes sociais, atividades para crianças, idosos e dicas de home office, sempre fazendo correlação com os nossos produtos, que coincidentemente são ferramentas muito úteis nesse momento inesperado para todos. Do ponto de vista de marcas, mais do que nunca estamos nos colocando no lugar dos nossos usuários. Percebemos que, por as pessoas estarem em casa, também há uma grande demanda por produtos de escritório e escolares – seja porque está sendo feito home office, seja porque há mais atividades com os pequenos – e vemos uma crescente de lojistas se reinventando, criando kits especiais para ficar em casa e realizando essas entregas, por exemplo. Ou seja, também podemos enxergar oportunidades como forma de gerar negócios”, analisa Vanessa.
Com o novo cenário em que as crianças estão em casa junto a seus pais em trabalho remoto, a Tilibra, em parceria com a Bololofos, uma empresa que promove oficinas criativas ao público infantil, lançou uma nova opção de entretenimento para unir a família por meio da criatividade. “Começamos em 05 de abril a apresentar no Instagram e Facebook da Tilibra um ateliê virtual para ser replicado em casa. Com desenhos infantis e a matéria-prima da Tilibra, o objetivo da ação foi estimular a relação entre pais e filhos, aproximando as duas gerações com muita criatividade e trabalho manual. Entre as opções de arte foram criadas a maleta do médico, especialmente em homenagem ao pessoal da saúde, braceletes superpoderosos para que os pequenos pudessem traduzir quais superpoderes gostariam de possuir neste momento; um livro casa, no qual as crianças escreveram e desenharam a sua rotina dentro de casa durante a quarenta e até uma câmera fotográfica. Teve também dicas de instrumentos musicais criados a partir de papelão e materiais recicláveis e muitas outras ideias criativas”, explica a Gerente de Marketing da Tilibra, Karina Marchini.

Ações do bem

Uma das regiões do Brasil mais afetadas pela pandemia, Manaus, recebeu doação de Equipamento de Proteção Individual (EPI) da BIC, que produziu em sua fábrica local 50 cápsulas “Vanessa” para tratamento respiratório. Batizado com este nome em homenagem a paciente que foi tratada com o novo equipamento e recuperada, funciona como um involucro de ventilação não invasivo, produzido com uma estrutura leve e resistente feita de tubos de PVC. O dispositivo é coberto com um filme de vinil transparente para melhor visualização do paciente e evitar o contágio.
A BIC também doou mais 10 mil máscaras de proteção facial, totalizando 20 mil unidades entregues à Secretaria de Saúde do Estado do Amazonas. No início de março, a empresa adaptou a linha de produção de sua fábrica de isqueiros, em Manaus, para produzir protetores faciais para profissionais da saúde, em parceria com a IMPRAM (Impressora Amazonense Ltda), que fabricou a alça ajustada ao suporte do visor.

 

Localizada em Guarulhos (SP) em um bairro com pessoas necessitadas de itens básicos, tendo uma boa parte dos seus colaboradores residindo nas proximidades, portanto, com pleno conhecimento do cenário, a DAC decidiu criar o “Amigos pelo Bem” que é uma corrente de solidariedade para arrecadar fundos e doar cestas básicas para aqueles que tanto precisam. Muitos parceiros fornecedores, bem como clientes papeleiros e outras empresas do ramo ajudaram nessa causa.
A DAC criou o “Amigos

 

A International Paper está se mobilizando junto a todas as comunidades onde atua, fazendo doações, tais como: produtos de limpeza, EPIs e caixas com Chamex para hospitais públicos; cestas básicas a serem entregues por entidades locais para as famílias em vulnerabilidade social e caixas com Chamex para suporte às próprias instituições e cestas básicas para cooperativas parceiras da IP.

 

A Tilibra se voltou para a comunidade de Bauru (SP) e, junto com outras empresas da cidade, realizou doações dos Equipamentos Respiratórios fazendo o repasse em dinheiro ao CIESP Bauru, com o objetivo de ajudar a Secretaria Municipal da Saúde na compra de ventiladores respiratórios e EPI’s para as equipes de atendimento da cidade, além de destinar 450 metros de TNT: totalizando 7 rolos, para a confecção de materiais descartáveis e máscaras para as equipes de saúde do Hospital Estadual de Bauru.

 

Tendo um forte vínculo com a comunidade, o Grupo Maxcril (Maxcril, Waleu e Norma) não mediu esforços para ajudar as pessoas que foram mais atingidas por essa pandemia. Foram distribuídas mil cestas básicas e mil kits de higiene para as comunidades carentes de Diadema (SP), cidade onde a empresa está instalada, por meio de Grupos Assistenciais, ONGs e Instituições Religiosas. O objetivo da empresa é continuar com mais uma etapa de distribuição, atendendo mais famílias.

Doações de cestas básicas e kits de higiene para as comunidades de Diadema (SP).

 

TRIVIUN
Tilibra3
tilibra2
MENNO
DELTA 2020
TRIDENT
Tilibra 1
Brasinks
DAC