Fone
Notícias
CATEGORIA DE PRODUTO – Apontadores e borrachas em suas mais recentes versões
19/03/2019

Produzidas em conformidade com as normas nacionais e internacionais que regulamentam os produtos escolares, as borrachas presentes no portfólio da Maped estão isentas de ftalatos (PVC-Free). Além desses cuidados, a empresa prioriza a inovação e o design, apresentando uma extensa variedade de borrachas, incluindo das mais tradicionais àquelas com uma proposta divertida e colorida. Para o período de volta às aulas, a marca lançou a linha Technic Ultra que é produzida com bimaterial, sendo que por dentro a borracha é bem macia, já na parte externa a cobertura é feita por uma borracha mais encorpada e protetora, segundo a marca, garantindo um apagamento perfeito. “Também lançamos a linha Stick’Art, com cartelas de adesivos para que seja possível personalizar os produtos. Percebemos um importante movimento dos consumidores em direção aos itens mais coloridos e inovadores, que tenham algum valor agregado, o que vai totalmente ao encontro da cultura da nossa empresa, que preza pelo que chamamos do “efeito uau”, ou seja, surpreender, com produtos diferenciados e de alta qualidade”, esclarece o Gerente de Marketing, Diego Campos.
A marca TRIS, da Summit, também considera relevante trabalhar o design da borracha, pois acredita que a partir deste atributo chega-se a um produto atraente e confortável, que é o intuito da marca. Além disso, o fabricante aposta na maciez e na facilidade ao apagar. “Há um outro importante detalhe em nossas borrachas: elas aglutinam a sujeira, o que também facilita o uso pois não dissemina tantos resíduos. Acreditamos que é sempre possível pensar em um design que favoreça o usuário e é isso que estamos levando para nossas novas coleções”, declara a Especialista de Marketing, Vanessa Moreno.
Em seu mix a TRIS contempla 25 modelos de borrachas, sem contar as versões licenciadas. A marca destaca as novas linhas Collection Summer, Tropical e Galaxy, todas com estampas tendências e livres de PVC. Além disso, tem a coleção Art Pastel, em que são evidenciadas as cores pastéis, que vêm sendo as mais pedidas do momento. A coleção tem a tecnologia dust free, que deixa menos resíduos ao apagar.
Quem também está atenta às tendências para a partir delas desenvolver suas borrachas é a Lyke que trabalha tanto com a clássica em formato de tijolinho envolvida pela capa vermelha, quanto com as borrachas nas pontas dos seus lápis. A marca vem apostando nas cores pastéis e, em breve, divulgará as novas cores e as divertidas estampas em seus produtos. “Vale lembrar que todas as nossas borrachas passam por testes e garantimos a segurança de cada uma, pois entendemos que a qualidade é o que faz o produto se destacar. Buscamos sempre melhorar de acordo com as necessidades dos nossos clientes”, diz o Diretor Comercial da Lyke, Clacir Santini Filho.

Opções para todas as necessidades

A Mercur fabrica borrachas em diferentes tamanhos e formatos. São 26 modelos, que se adaptam a diferentes necessidades. E o que não falta é know-how ao fabricante, que em 2018, comemorou os 80 anos da sua famosa borracha Record. Produzida em borracha natural e indicada para apagar escrita a lápis e lapiseira, em qualquer graduação de grafite, hoje, ela é disponibilizada nas versões Record 20, Record 40, Record 60 e Record Zero.
Tem também as linhas: Art Visual, a borracha em formato de gota, que proporciona uma boa pega e tem extremidades que garantem precisão ao apagar. Ideal para artistas e estudantes de artes visuais, moda, arquitetura, engenharia e design gráfico. Studio é a borracha que apaga por absorção e não deixa resíduos. É ideal para remover traços e a poeira do grafite, carvão ou pastel seco que se forma na elaboração do desenho. Desenvolvida a partir de matérias-primas naturais, com fórmula que confere maleabilidade, possibilitando ser moldada de acordo com a necessidade e o Borrachão de Apagar, para pessoas que possuem alguma dificuldade motora ou tremor nas mãos. Mais pesada do que a maioria das borrachas, possui impresso o nome do produto em português e Libras, a escrita de sinais.
Entre as novidades apresentadas pela Mercur estão as novas cores azul e laranja das capinhas da TR-18, em substituição à verde. Além disso, foram desenvolvidas as borrachas TR-Neon, nas opções amarela, verde, laranja e rosa. A TR-Color também ganhou novas cores. A capinha que era transparente agora é azul e a borracha está disponível nas cores rosa, azul e verde.
Angélica Jappe, da área de Pesquisa & Desenvolvimento da Mercur aproveita para destacar o pioneirismo da borracha Lado B, quando em 2011, a empresa iniciou um projeto com um grupo multifuncional cujo desafio era desenvolver um produto que na sua composição fossem empregados, predominantemente, insumos renováveis e com menores níveis de emissão de GEE (Gases de Efeito Estufa). A decisão, então, foi por experimentar as mudanças na composição de um ícone da companhia: a borracha de apagar.
A Lado B tem cerca de 49,28% de matéria-prima renovável – enquanto as demais borrachas possuem apenas 12,9%. O produto é composto por cinzas de cascas de arroz (por essa razão possui cor cinza escura) – que foram queimadas para produzir combustível visando a geração de energia elétrica – em substituição a materiais não-renováveis, que tradicionalmente integram a formulação das borrachas de apagar. “A quantidade de cinzas utilizada para compor a borracha Lado B é muito menor do que o volume de resíduos gerado no processo de transformação dele em energia, com isso, a produção da borracha não estimula a queima da casca de arroz para atender a demanda da empresa, mas sim amplia as possibilidades de uso”, esclarece Angélica.

Sem esforço para
apagar

Com o propósito de levar soluções para os possíveis problemas dos consumidores, a Ecole – presente no mercado desde 1977 – disponibiliza as borrachas com capa TS 2000 e em várias cores, além da linha commodity Serelepe, nas opções B20, B40 e B60. O executivo da companhia, Wagner Lee, faz a sua observação em relação as borrachas macias. “A percepção de que as borrachas mais macias sejam as melhores para apagar está equivocada. Por meio de testes comprovamos que elas exigem um esforço maior para apagar, isso porque boa parte das pessoas escrevem com força criando um ‘decalque’ no papel, com isso, as borrachas que são bem macias apagarão apenas a superfície, não penetrando no sulco criado pela escrita. Para chegar neste resultado, o usuário terá que exercer força. Por essa razão, apresentamos em nossas borrachas uma nova fórmula e agora não há necessidade de fazer força ao apagar”, explica Lee.
Destaque para as cores vibrantes

O Supervisor de Novos Negócios da Tilibra, Douglas Takahashi afirma que as borrachas coloridas e licenciadas continuam chamado a atenção dos estudantes, que buscam opções alinhadas aos seus demais itens que compõem o material escolar, além de modelos que expressem a sua personalidade. Atendendo a essas demandas e sem deixar de cumprir alguns pré-requisitos da marca como não usar o componente ftalato, produzir borrachas macias e que ofereçam facilidades em apagar, a empresa disponibiliza diversas opções, com destaque para a linha Académie, que apresenta 8 opções, das tradicionais borrachas brancas (nos tamanhos pequeno, médio, grande e big) a coloridas. As marcas Jolie, Capricho, Love Pink e Neon também trazem modelos com recortes variados (arredondados, retangulares e com formato de coração que são os itens com mais saída) e opções de capas para proteção. “As dezenas de modelos, formatos e cores de borrachas disponíveis permitem ao consumidor escolher aquele que mais se aproxima ao seu estilo e que mais se encaixa em sua necessidade. O lançamento da temporada são as Borrachas Académie Neon com Capa Plástica, em tamanho médio, nas cores vibrantes verde, laranja e roxa. Esses modelos são comercializados em potes com 30 unidades ou em embalagens blister com duas unidades”, cita Douglas.
Distribuidor oficial e exclusivo dos apontadores para uso artístico ou profissional da marca alemã KUM – que produz apontadores desde 1919 – a Artistik apresenta o modelo Long Point Automático. Com ele é possível apontar a mina e a madeira do lápis de forma independente, obtendo uma ponta longa e perfeita. Esse apontador possui ainda o compartimento para depósito das aparas, duas lâminas de reposição e na versão AS2M a possibilidade de apontar minas de lapiseiras de duas diferentes medidas. “A evolução da tecnologia é, sem dúvida, nossa maior aliada e nos permite mantermos como referência internacional no segmento. Nos apontadores KUM há lâminas de altíssima dureza, com design convexo patenteado, conferindo melhor performance durante o uso e maior durabilidade”, comenta a Diretora da Artistik, Erica Pereira Rodrigues Rosin.
Erica afirma que o aquecimento do mercado brasileiro voltado às artes, tanto no meio profissional quanto de lazer e hobby, vem alavancando também o mercado de produtos diferenciados que entregam maior durabilidade e performance como é o caso dos apontadores KUM. “O consumidor está mais disposto a investir em acessórios que ofereçam vantagens no resultado do seu trabalho e consciente das vantagens de médio prazo ao investir na aquisição de ferramentas de alta performance”, analisa.

Divertidos e funcionais

Todos os anos a Maped lança uma grande variedade de apontadores que são testados exaustivamente, garantindo a alta qualidade e desempenho desses produtos. Em seu portfólio há apontadores de um ou dois furos, com ou sem depósito, em diferentes modelos, cores e materiais. Nessa categoria a Maped se destaca pelos diferenciais de seus apontadores, como o I-Gloo Eject, com sistema de ejeção de pontas; o Color’Peps, especial para lápis de cor porque deixa a ponta arredondada; o Stick’Art, que vem com cartelas de adesivos para personalizar, além da linha fun Croc Croc, entre outras versões. Para a volta às aulas 2019 a empresa traz o Croc Croc sapo, apontador que avisa quando a ponta do lápis está pronta, além da linha Connect Duo, apontador e borracha em um único produto, disponível em modelos divertidos e cores vibrantes.

Produtos alegres e
lúdicos

Dentre os lançamentos trazidos pela marca TRIS destacam-se o TRIS Coração, que tem formato lúdico, cores vibrantes e depósito; e o TRIS SU-266, com depósito, formato triangular ergonômico, dois furos (para lápis normal e jumbo) e tampinha para proteger. “Destacamos cores vibrantes e um olhar cada vez mais focado no design, com modelos confortáveis para usar e atraentes no ponto de venda. A demanda dos estudantes sempre será por produtos alegres, coloridos, com algum diferencial lúdico. Diferentemente do público adulto/profissional que buscará apontadores mais funcionais”, observa a Especialista de Marketing, Vanessa.

Praticidade ao apontar

Trabalhando tanto com apontadores mais simples (um furo e sem depósitos), quanto com modelos de dois furos e depósitos, a Lyke recentemente lançou um apontador com dois furos, porém com um depósito menor. “Nossos clientes prezam pela praticidade. Eles querem a possibilidade de apontar com um mesmo apontador um lápis comum, mas também um lápis jumbo ou um giz de cera e hoje a Lyke atende a essas exigências em seu portfólio”, declara o Diretor, Clacir.

Pegando carona nas tendências da moda

Apontadores em diferentes cores com depósito e versões com dois furos são as novidades apresentadas pela Tilibra por meio dos modelos: 1 Furo com Depósito (AP11) nas cores verde, amarela, rosa e azul e West Village com 2 furos e um visual mais sofisticado e moderno.
Também compõem o portfólio da marca os modelos das propriedades Jolie, Capricho, além da Love Pink, inclusive na opção com depósito. Na linha Académie, que vem crescendo a cada temporada, há modelos com depósito e com a delicada estampa em poá, entre várias outras opções com 1 ou 2 furos com e sem depósito, sempre pegando carona nas cores da moda. “Os consumidores desejam um apontador com qualidade, resistência e que tragam uma identificação, seja por meio de cores, formatos ou tipo de material empregado”, esclarece o Supervisor da Tilibra, Douglas.

FABER CASTELL
MOLIN
CADERSIL 2019
WALEU 2
BRW MARCAS
BIC EVOLUTION
Master
BRASINKS
TRIVIUN
DELLO
CONDOR
ACRIMET